terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Literatura infantil para as férias

Eu não resisto mesmo à histórias para crianças. Elas sempre me surpreendem de alguma forma. Dia desses fui ajudar meu sobrinho com suas tarefas da escola e tive o prazer de conhecer "Felpo Filva", livro de Eva Furnari. Ele conta a história de um coelho poeta e solitário, que tem uma orelha menor que a outra, e sua fã, a coelha Charlô que discordava de seus poemas pessimistas... Uma narrativa deliciosa que nos envolve a todo momento e nos faz pensar, mesmo sendo adultos, em nosso comportamento e modo de ver a vida.


  

Além dessa, Eva Furnari tem outras histórias que enchem nossos olhos e nos divertem. Algumas delas são...

                          


                            


           

Todas são histórias para crianças, é claro, mas nada impede que adultos sensíveis também se presenteiem com leituras singelas como essas. E se quiser conhecer mais sobre a autora e alguns de seus trabalhos, vá em Biblioteca Eva Furnari.

Maravilhosas viagens "leiturísticas" para você!

Abraços!

domingo, 31 de outubro de 2010

Presentes artesanais

Presentes feito sob encomenda...


Prancheta decorada

Bloquinho para anotações

Se tiver gostado, escreve para nós.

Até...

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

FELIZ DIA, PROFESSORES!

Sugestões para o professor

Aos professores, companheiros de profissão, deixo aqui sugestões de cinco obras que me são muito queridas, para que vocês, se ainda não tiveram a oportunidade de apreciá-las, dediquem um tempinho para isso, pois vale a pena.


AO MESTRE COM CARINHO - 1967


Clássico do cinema que refletiu alguns dos problemas e medos dos adolescentes dos anos 60, este filme mostra a história de Mark Thackeray (Sidney Poitier em uma de suas melhores atuações), um engenheiro desempregado que resolve dar aulas em Londres, no bairro operário de East End e acaba enfrentando alunos indisciplinados. A classe, liderada por Denham (Christian Roberts) Pamela (Judy Geeson) e Barbara (Lulu, que também canta a canção título) estão determinados a destruir Thackeray como fizeram com seu predecessor, ao quebrar-lhe o espírito. Mas Thackeray acostumado à hostilidade enfrenta o desafio tratando os alunos como jovens adultos que breve estarão se sustentando por conta própria.






UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA (1995) - ZIRALDO

Quem ainda não leu "Uma professora muito maluquinha" precisa tirar uma horinha para apreciar essa sensível história da professora que tinha um jeito todo seu de entender o mundo e um modo que todos achavam muito maluquinho de mostrá-lo aos meninos e meninas de uma escola de interior, ensinando-as a serem mais felizes.




PINÓQUIO ÀS AVESSAS (2005) - RUBEM ALVES
"Quando o assunto é educação, Rubem Alves é sempre referência. Eterno apaixonado por essa causa, suas crônicas buscam levar o leitor à reflexão sobre os aspectos conservadores que marcam o sistema educacional brasileiro. Neste livro o autor apresenta uma parábola que traz uma releitura da estória de um dos personagens infantis mais famosos do mundo. Focalizando a personagem Pinóquio, Rubem Alves inverte a estória original, na qual o boneco de madeira começa a "virar gente" à medida que vai à escola. A partir do ponto de vista de um garoto em carne e osso, sonhador, esperto e cheio de vida o autor dá um outro sentido à estória, despertando pais e educadores para um novo olhar sobre a educação. Com características que marcam o mundo infantil, como os "porquês" curiosos de uma criança, Pinóquio às Avessas é uma estória que vai provocar no leitor questionamentos sobre o modelo de ensino atual, que molda os alunos numa mesma forma, não dando asas a seus sonhos, desejos e realizações."
 
   
POR UMA EDUCAÇÃO ROMÂNTICA (2002)  - RUBEM ALVES 

"Estremeço quando me dizem que há entrevistadores de televisão e de jornais à minha espera. Sei, de antemão, a primeira pergunta que vão me fazer: ?O que é que o senhor acha da educação no Brasil??. A pergunta é banal porque eles já esperam uma resposta estereotipada. Querem que eu denuncie a falta de verbas, a condição de indigência dos professores, o mau aproveitamento dos alunos etc. Mas isso todo mundo já sabe. É um equívoco pensar que com mais verbas a educação ficará melhor, que os alunos aprenderão mais, que os professores ficarão mais felizes. Como é um equívoco pensar que, com panelas novas e caras, o mau cozinheiro fará comida boa. Educação não se faz com dinheiro. Educação se faz com inteligência. E aí, frustrando as expectativas dos entrevistadores, eu falo sobre coisas lindas que estão acontecendo por esse Brasil afora, no campo da educação. Porque o fato é que, a despeito de todas as coisas ruins e andando na direção contrária, há professores que amam os seus alunos e sentem prazer em ensinar. "


 O SORRISO DE MONALISA - 2003 
"Em 1953, quando o papel das mulheres era rigidamente definido, a professora de história da arte Katherine Watson (Roberts) começa a lecionar na famosa faculdade feminina Wellesley College, que apesar de sua reputação acadêmica é um ambiente onde o sucesso é medido pelo casamento das alunas. Encorajando estas mulheres a lutarem por um futuro melhor, Watson desafia a administração e inspira suas alunas a olhar além das imagens e considerar as possibilidades do que elas poderiam ser."




Divirtam-se e reflitam também.
 
Abraços a todos!

domingo, 10 de outubro de 2010

Sacolas divertidas

Minha "primamiga" Cris enviou um e-mail super legal de sacolas bastante criativas. Como não preciso dizer que adoro coisas inovadoras, estou postando aqui os modelos de que eu mais gostei.

























Book Bag


Gostou? Tem mais modelos no Bored Panda. Passa lá.

E valeu, CRIS!! Quando tiver, manda mais sugestões!!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O Que Você Faz da Sua Vida?

Decorando a cozinha de casa

Há algum tempo vinha guardando potes de vidro, desses que vêm com azeitonas, e ficava imaginando que fim dar a eles sem que fosse o lixo, já que estmaos na onda da reciclagem. Pensei em pintá-los e cheguei até a pegar emprestadas as tintas com minha irmã, mas confesso que não sou dada a essa arte. Não tenho mãos de pintora, por isso desisti logo depois da primeira e horrível tentativa.

Aí, fuçando a net aqui e ali, vi uma sugestão de se usar os vidros como porta-retratos. Dá uma olhada...


Testei e gostei do resultado, no entanto eu queria que os potes continuassem na cozinha, e com fotos normais achei que não combinou. Então me vieram à mente propagandas antigas que eu curto muitão. Pesquisei sobre, escolhi algumas, imprimi e eis o resultado...







Ainda penso em alguns ajustes, como melhorar a aparência das tampas e aumentar a coleção com vidros diferentes, mas isso vou deixar para depois.

Aí, se você gostou da ideia, mãos à obra. Pode usar a mesma técnica para decorar outros espaços da casa. Deixo até a dica de propagandas para dar um toque especial ao banheiro.











Quanta nostalgia!! rsrs

Até a próxima!!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Inovando o casório

Hoje eu vou pegar um gancho em minha última postagem, que, diga-se de passagem, já tem uma data, e deixar aqui algumas ideias bacanas para quem está pensando em se casar.


Convite


Revista Inesquecível Casamento

O DVD com a história dos noivos pode vir em embalagem personalizada, com as principais informações sobre cerimônia e recepção, como data, horário e endereço. Outra sugestão é criar um bolso, na versão impressa, para incluir o vídeo convite.

A propósito, se você não estiver muito ocupado nem com pressa, passa no site da idelizadora do convite. É http://www.tatianakuhnert.com.br/. Os vídeos são super legais. Para quem gosta de inovação, vale a pena dar uma passadinha lá.



Mensagens

Que tal dar um descanso para o tradicional livro de visita e optar por esse modelo?





http://www.flordakakau.blogspot.com/

Simples, prático e diferente. Agora, se preferir mesmo o livro...



... uma boa opção é colar envelopes pequenos para guardar os cartões com as mensagens.

Gostei muito!



Lembrancinha especial

Esta vai para as amigas "encalhadas" que não pegaram o buquê.


Poderosa Oração do desancalhe
http://www.casamentoemgrandeestilo.eev.com.br/


Vai que funciona, não é mesmo?! rs


Abraços!




segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Boda de Papel

Quando meu marido e eu decidimos nos casar, do dia em que fechamos contrato com o local onde realizamos a cerimônia até o dia 22 de agosto de 2009, tudo foi tão corrido que só nos demos conta depois, nas nossas conversas em casa e vendo as fotos que foram tiradas. Puxa... a gente rala tanto e aproveita tão pouco perto de tantos planos que fazemos! E por um tempo bate uma frustração por certas coisas não terem dado certo, dá saudade de todos os preparativos, há o desejo de viver a magia daquele momento novamente e a vontade de estar com nossas famílias e amigos mais uma vez comemorando algo tão especial na vida de duas pessoas que se amam e querem "juntar os trapinhos". Claro que depois esses sentimentos vão se amenizando dentro da gente, porque, então, os novos prazeres da vida e as tribulações do dia a dia vão ganhando espaço, e se a gente não fica atento, aí é que todas essas lembranças boas perdem-se mesmo no passado.

Ontem, 22, comemoramos nossa Boda de Papel, ou seja, 1 ano de casados, e nada melhor do que relembrar alguns momentos importantes, como o intenso processo de criação, quando tivemos que por a cachola e os mãos para trabalhar.

Convite - capa

Convite - interno

Lembrancinhas

"Bula" das pílulas do amor


Embalagem da lembrancinha dos pais e padrinhos

E para fechar o post, um LO dos noivos.



Esperamos que sirva de inspiração para muitos casais de noivos!

Até a próxima!